Gizmodo
Atualizado: 13/11/2013 | Por Daniel Junqueira-- Gizmodo

Moto G, da Motorola: um smartphone bom e barato

O aparelho é uma versão mais simples do Moto X, com tela de 4.5 polegadas e Android 4.3. O modelo mais simples sai por R$ 650


Reprodução / Gizmodo BR

Reprodução / Gizmodo BR

O Moto G foi anunciado hoje, 13 de novembro. A apresentação foi feita para o mundo inteiro a partir de um evento em São Paulo, que contou inclusive com a presença de altos executivos da empresa – quando falamos “altos executivos”, entenda Dennis Woodside, CEO da Motorola Mobility, responsável por mostrar o Moto G.

Ele é o segundo smartphone feito pela Motorola sob influência do Google. O primeiro foi o Moto X. Então o que ela preparou para o segundo? Um dispositivo potente com preço bastante acessível.

O Moto G tem processador quad-core Snapdragon 400 com clock de 1.2 GHz, 1GB de RAM, Android 4.3 (e será atualizado para o 4.4 em janeiro), tela HD de 4,5 polegadas. São especificações técnicas bem interessantes em um pacote barato: o modelo de 8GB com uma entrada de chip custa a partir de R$ 650. É menos do que a própria Motorola cobrava pelo Razr D3 quando ele foi lançado em março (ele também tinha boas especificações técnicas, mas abaixo do Moto G, e saia por R$ 799).

Reprodução / Gizmodo BR

Ao pegar o Moto G, é impossível não lembrar do Moto X. Ele é idêntico ao seu irmão mais velho: a traseira curvada tem o mesmo encaixe perfeito nas mãos, a parte frontal praticamente sem moldura faz a tela de 4,5 polegadas não influenciar no tamanho do aparelho – ele também é bem compacto.

Em relação ao design, as diferenças são poucas. Na parte frontal, o speaker é um pouco menor e a câmera está posicionada no canto esquerdo, e não no direito. A traseira é removível – a bateria, no entanto, não é. A Motorola também lançou com ele diversas capinhas diferentes – chamadas de Moto Shell. Você pode ter as “normais” em diferentes cores (amarelo, vermelho, preto e branco), além de uma variação que se dobra e cobre a parte frontal do aparelho e uma outra protetora que dá mais volume ao Moto G. Mas a remoção da tampa traseira não é lá muito fácil – ela é dura e fica muito bem presa, você provavelmente vai precisar de um tempo para pegar o jeito de como tirá-la.

Reprodução / Gizmodo BR

As principais diferenças entre os dois aparelhos estão em hardware e software. Não apenas por potência. O Moto X contava com um “sistema de oito núcleos” com processadores de computação contextual e linguagem natural. Nada disso está no Moto G. Ele não espera que você fale com ele, não presta atenção no que acontece ao seu redor. Funcionalidades meio bestas, como balançar o aparelho duas vezes para ativar a câmera, não funcionam com ele.

Próxima página

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo

msn fotos

Motos ganham papéis de protagonistas(©Rex Features)
Motos ganham papéis de protagonistas

Você já viu?

  • Profissão perigo

    Limpadores de janelas arriscam suas vidas trabalhando nas alturas

  • Nudez roubada

    Hackers divulgam fotos íntimas de celebridades internacionais na rede

  • Nova musa do UFC

    Felice Herrig faz ensaio sensual antes de estreia no octógono

  • Moda das ruas

    Veja como estilistas têm se inspirado nos looks da população anônima

  • Pintura tecnológica

    Aquarelas animadas em 3D de Aaron Becker são espetaculares; conheça

Shopping

  • KaBuM!

    Multilaser AC103 Duplo - 12 x R$4,08

  • Magazine Luiza

    Tablet Samsung Galaxy Tab Pro 8.4 S... - à vista R$879,12

  • KaBuM!

    Monitor AOC E1670SW 15.6 polegadas - 12 x R$22,54

  • ManiaVirtual  MVX

    Projetor Epson PowerLite W12+ - 12 x R$249,91