Gizmodo
Atualizado: 13/11/2013 | Por Daniel Junqueira-- Gizmodo

Moto G, da Motorola: um smartphone bom e barato

O aparelho é uma versão mais simples do Moto X, com tela de 4.5 polegadas e Android 4.3. O modelo mais simples sai por R$ 650


Reprodução / Gizmodo BR

Reprodução / Gizmodo BR

O Moto G foi anunciado hoje, 13 de novembro. A apresentação foi feita para o mundo inteiro a partir de um evento em São Paulo, que contou inclusive com a presença de altos executivos da empresa – quando falamos “altos executivos”, entenda Dennis Woodside, CEO da Motorola Mobility, responsável por mostrar o Moto G.

Ele é o segundo smartphone feito pela Motorola sob influência do Google. O primeiro foi o Moto X. Então o que ela preparou para o segundo? Um dispositivo potente com preço bastante acessível.

O Moto G tem processador quad-core Snapdragon 400 com clock de 1.2 GHz, 1GB de RAM, Android 4.3 (e será atualizado para o 4.4 em janeiro), tela HD de 4,5 polegadas. São especificações técnicas bem interessantes em um pacote barato: o modelo de 8GB com uma entrada de chip custa a partir de R$ 650. É menos do que a própria Motorola cobrava pelo Razr D3 quando ele foi lançado em março (ele também tinha boas especificações técnicas, mas abaixo do Moto G, e saia por R$ 799).

Reprodução / Gizmodo BR

Ao pegar o Moto G, é impossível não lembrar do Moto X. Ele é idêntico ao seu irmão mais velho: a traseira curvada tem o mesmo encaixe perfeito nas mãos, a parte frontal praticamente sem moldura faz a tela de 4,5 polegadas não influenciar no tamanho do aparelho – ele também é bem compacto.

Em relação ao design, as diferenças são poucas. Na parte frontal, o speaker é um pouco menor e a câmera está posicionada no canto esquerdo, e não no direito. A traseira é removível – a bateria, no entanto, não é. A Motorola também lançou com ele diversas capinhas diferentes – chamadas de Moto Shell. Você pode ter as “normais” em diferentes cores (amarelo, vermelho, preto e branco), além de uma variação que se dobra e cobre a parte frontal do aparelho e uma outra protetora que dá mais volume ao Moto G. Mas a remoção da tampa traseira não é lá muito fácil – ela é dura e fica muito bem presa, você provavelmente vai precisar de um tempo para pegar o jeito de como tirá-la.

Reprodução / Gizmodo BR

As principais diferenças entre os dois aparelhos estão em hardware e software. Não apenas por potência. O Moto X contava com um “sistema de oito núcleos” com processadores de computação contextual e linguagem natural. Nada disso está no Moto G. Ele não espera que você fale com ele, não presta atenção no que acontece ao seu redor. Funcionalidades meio bestas, como balançar o aparelho duas vezes para ativar a câmera, não funcionam com ele.

Próxima página

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo

msn fotos

Foto: Caters
Lava atinge o mar após erupções

por dentro da copa

  • Memória

    Relembre os títulos, clubes e polêmicas da vencedora carreira do baixinho Romário.

  • As Musas dos jogadores

     Conheça a beleza das candidatas ao posto de ‘musa da Copa’ e escolha sua favorita

  • Contagem regressiva

    Faça um passeio pelos novos estádios construídos para a Copa. Está tudo (quase) pronto!

  • Gatos em campo

    Beckham é coisa do passado! Veja quais são os jogadores mais bonitos que disputarão a Copa

  • Os novos mantos

    Veja as novas camisas que Brasil, França, Argentina e Rússia usarão para jogar o mundial

Você já viu?

  • Bebê real

    Príncipe George brinca e rouba os holofotes em sua primeira viagem oficial; confira as fotos

  • Reencontro

    Sandy canta música 'A Lenda' com Junior em show e ganha beijo na barriga do irmão; fotos

  • Grid Girls

    Gatas da Fórmula Truck roubam a cena na etapa de Curitiba; veja aqui mais de 100 fotos

  • Casa do futuro

    Veja tecnologias que estarão nas residências no futuro; sala pode ter até uma TV transparente

  • Especial Mães

    Gisele é exemplo de mulher, esposa e mãe; brasileira esperou a hora certa para ter seus filhos

Shopping