Robô de fazer sushi ainda precisa do auxílio de uma pessoa para funcionar

Robô de fazer sushi ainda precisa do auxílio de uma pessoa para funcionar

MAIS:_Máquina de lavar cachorro causa polêmica no Japão

Os amantes da culinária japonesa tem um novo e delicioso motivo para comemorar. A empresa de robótica Suzomo desenvolveu uma linha de máquinas capazes de cozinhar grandes quantidades de sushi de forma rápida e autônoma durante 24 por dia.

O “robô de sushi”, como é chamada a máquina, foi apresentado na World Food and Beverage Great Expo 2012 - feira focada em soluções de tecnologia para a área de gastronomia, realizada entre os dias 4 e 6 de abril em Tóquio, no Japão.

Os equipamentos são capazes de fazer até 3,6 mil sushis por hora em dimensões ideais e, de acordo com o site da empresa, são um benefício óbvio para franquias de comida oriental porque podem reduzir os custos na produção de alimento.

No entanto, críticos de gastronomia e defensores da culinária tradicional japonesa podem ficar tranquilos. A linha de máquinas da Suzomo ainda custa alguns milhares de dólares e precisa do auxílio de uma pessoa para inserir o Salmon e outros ingredientes.

Além disso, é difícil imaginar restaurantes tradicionais trocando anos da sabedoria da culinária japonesa por um assistente mecânico de sushis. A indicação da Suzumo é que os equipamentos sejam usados em supermercados, arenas esportivas, hospitais e escolas.

A produção automatizada de alimentos é um setor em desenvolvimento desde o século passado. A própria Suzumo afirma ter criado o primeiro robô sushi do mundo em 1981, e países como Estados Unidos e China investem nesse mercado já algum tempo.

A seguir, veja o robô sushi da Suzumo em ação:

Fonte: Wired