intenção do governo indiano é reduzir ainda mais o preço do PC para US$ 10 ou US$ 20

intenção do governo indiano é reduzir ainda mais o preço do PC para US$ 10 ou US$ 20

Enquanto a Research in Motion – RIM – anunciou em seu blog institucional que se prepara para lançar, em agosto, o luxuoso BlackBerry 6, o ministro do Desenvolvimento de Recursos Humanos da Índia, Kapil Sibal, mostrou nesta semana, ao mundo, o computador mais barato produzido até hoje. A produção em massa do laptop, que custa US$ 35, já está sendo negociada.

A Índia separa cerca de 3% de seu orçamento anual para investimentos em educação. Sibal disse aos jornalistas que a intenção do governo indiano é reduzir ainda mais o preço do PC, desenvolvido pelo Instituto Indiano de Tecnologia e Instituto Indiano de Ciências, para US$ 20 ou até US$ 10.

Além de ter capacidade para receber novos componentes, o computador, baseado no sistema operacional Linux, tem tela sensível ao toque, navegador de internet, leitor de PDF e pode ser usado em videoconferências. Projetado para ser usado por estudantes, ele será oferecido a instituições educacionais a partir do próximo ano.